out
9
2015

DVF- Beleza Verão 2016

Oi meninas! Hoje vou mostar a beleza do verão 2016 do desfile de Diane Von Furstenberg.Exagerei na quantidade de fotos, eu sei, mas o visual está tão leve, feminino e fresco!

Começando pelos cabelos, o look aqui são madeixas super armadas e onduladas, repartidas de lado para garantir ares de bombshell. As flores coloridas mostraram que a mulher DVF quer ser feminina e não tem medo de mostrar seu lado girly. Fofo e lindo!

A maquiagem aqui me lembrou uma coisa meio sereia, nos tons de verde e azul. No caso, verde na parte inferior dos olhos e na pálpebra superior; e azul delineando de um jeito mais displicente com traço bem grosso na pálpebra superior. As cores, principalmente o azul, são bem pigmentadas e arrematadas por muita máscara nos cílios. O rosto e lábios seguem a linha “sou natural”. Achei lindo e super usável na vida real.

 

A youtuber Michelle Crossan, se inspirou nesse look e ensina nesse vídeo abaixo como fazer algo parecido.

Compartilhe:
out
7
2015

Osis+ Mess Up – Texture 2

Oi meninas! Hoje vou falar dessa pasta/cera para cabelos da Schwarzkopf: Osis+ Mess Up Texture 2.

Eu estava procurando (e ainda estou) algo para manter meus cachos quando fizesse o babyliss e me deparei com esse produto. Errei feio ao escolher o Mess Up, porque o efeito é ultra matte, ou seja, a aparência é bem seca. Eu buscava um produto que segurasse as ondas mas que desse brilho aos fios ao mesmo tempo, e não é o caso dessa pastinha.

Acho legal em diversos casos o tal do efeito matte, mas meus cabelos estão numa fase muito porosa, delicada e meio que na UTI, sabe? Então, já que necessito que meu fios reflitam a luz para que pareçam cabelos de fato, fiz uma escolha errada aqui. A verdade é que queria muito algo que segurasse tudo no lugar e me deixei levar na loja quando senti o cheirinho hipnotizante que ele tem.

Mesmo assim, uso de vez em quando e ele segura bem as ondas, fica um volume e textura legais (contanto que não haja rastro de chuva ou umidade). Mas no outro dia…Acordo com vários nós, uma coisa sem forma super volumosa (não num bom sentido) e vontade louca de lotar meu cabelo de creme pra sentir um mínimo de maciez novamente.

CHEIRO: acho delicioso!
TEXTURA: de uma pasta meio lisa.
EMBALAGEM: legal pra levar em viagens, já que não vai escorrer ou vazar. É de plástico e contém 100 ml, o que nesse caso é muito produto!
FUNÇÃO DESCRITA: ”Pasta de fixação media de longa duração. Proporciona um efeito ultra-mate e textura seca.”
EFEITO: realmente é ultra-mate e o cabelo fica messy.
QUANDO USAR: quando a intenção do penteado for uma textura podrinha, em qualquer estilo de cabelo.
DURAÇÃO: em mim dura a noite toda, mas no outro dia meu cabelo fica péssimo, com cara de super poroso e ressecado.
ONDE ENCONTRAR: Beleza na Web e Empório Charme.
COR: é branquinho meio acinzentado, mas mistura com a cor do cabelo.
APLICAÇÃO: passar com as mãos no cabelo seco.
PREÇO: entre R$ 84,50 e R$ 125,90.
PRÓS: seu cabelo fica cool, bem matte e tem boa fixação, além do cheirinho delicioso.
CONTRAS: seu cabelo fica muito matte, podendo parecer ultra ressecado e formando nós em alguns casos (como o meu).

Resumindo: o produto é bom? Sim, o meu produto cabelo que não está muito apto para ele no momento. Quem sabe se quando tudo voltar ao normal eu possa amar essa coisa de ultra matte?!

Compartilhe:
out
5
2015

Katty Perry no Brasil – Curitiba

Aiai… Esperei tanto por esse momento e passou tão rápido. Hoje vou desabafar aqui minhas impressões do show que a maravilhosa Katy Perry fez no Brasil, da Prismatic Tour, mais precisamente em Curitiba-PR.

Começando pelo show em si, foi tudo incrível. Quem abriu o show foi a cantora Tinashe, que deu tudo de si e foi cativante. Seu estilo é R&B, sua voz é linda e ela dança muito! Super presença de palco, já virei fã!   O show da Katy Perry é realmente um show, sabe? Muitos efeitos, Katy faz muitas performances, os dançarinos são incríveis e as trocas de cenário e figurino são de tirar o fôlego.

Katy foi muito simpática, conversou com o público, inventou um apelido fofo para os fãs da cidade (cuti-cu, se não me engano). Como todo show, chamou um fã no palco, que parece ter sido reconhecido do Twitter, o que achei bem louco. Como?

Os momentos mais emocionantes pra mim foram: Dark Horse (por causa de todo o aparato e luxo), By The Grace Of God (ela fala sobre o momento difícil que passou e foi bem mágico) e Firework (é a última música e mais empolgante ao vivo). Mas sério, quem é fã como eu, com certeza amou muito tudo! Aqui abaixo estão algumas fotos que tirei, tudo muito pequeno e distante.

Agora vou falar sobre a parte chata. O show aconteceu na Pedreira Leminski, que pelo que sei é um lugar próprio para shows. Acho que as pessoas que estavam na pista tiveram uma experiência ótima em relação ao lugar, mas eu que fui no camarote, achei péssimo e não volto mais.

Pra começar, havia um espaço de camarote e outro de camarote família (indicado pra pais com crianças). Quando comprei o camarote, estas duas partes eram divididas ao meio, mas o que não mostrava é que o camarote família iria na frente de tudo, deixando pra trás as pessoas do camarote normal. Agora pensa nos pais colocando suas filhas nos ombros pra enxergarem melhor. Tampava toda a nossa visão! Mas logo eles tiravam porque todo mundo pedia. Ou seja, as menininhas não viram direito, nem a gente que foi obrigada a ficar bem mais pra trás.

Outro ponto é que por um camarote, eu esperava algum lugar pra sentar e não ter que ficar lutando por um espaço. Se eu me sentasse em uns puffs no meio do camarote, perdia o lugar que meus pés fincaram no chão assim que cheguei. Sou baixinha e acho que o camarote deve ser inclinado para que todos possam ver, certo? Pelo menos cheguei bem cedo e ainda consegui ver, mesmo que com dificuldade.

Assim que cheguei no local, fui ao banheiro, já que fiquei um tempinho na fila e pra minha surpresa: banheiro químico. Argh! Sério? Não bebi uma gota de água a noite toda só pra não precisar usar aquela coisa nojenta.

E por fim, achei que o som não chegava tanto onde a gente estava. As caixas de som eram todas viradas para frente e estávamos na lateral. O show da Tinesha, praticamente não escutei nada. O show da Katy escutei porque realmente era mais alto, mas não me senti muito inserida no show. Senti como se eu estivesse assistindo da sacada de um prédio, fora do show sabe? Isso foi meio chato.

Enfim, o show foi lindo e a Katy compensou. Estou até com aquela famosa depressão pós show. Mas a organização não me agradou nem um pouco. Acho que brasileiro sempre aceita muito as coisas. É por isso que estou reclamando, assim como ali no camarote escutei tanta gente reclamando das mesmas coisas que eu. É que o show da Katy Perry vale a pena sempre! Mas esses fatores chatos me impediram de uma experiência totalmente positiva, é uma pena.

Quem foi? O que tem pra contar?

Compartilhe:
out
2
2015

Glitter or Bitter – Kylie em opostos

Oi meninas! Hoje vamos ver e analisar esse look bem ousado da Kylie Jenner.

Esse visual é bem difícil de montar e ficar legal, pra falar bem a verdade, mas acho que Kylie conseguiu. Primeiro tem esse choque de opostos, que é a jaqueta de couro com a saia longa em transparência. Foi arriscado, mas ela foi muito feliz ao escolher  apenas uma cor. Esse look monocromático foi composto com top (ou soutiã) nude, que impediu de ficar vulgar, assim como a hot pant no mesmo tom.

Os acessórios foram muito bem escolhidos também. A gargantilha, ou chocker, não ficou sufocante porque tem todo esse espaço do colo livre. As sandálias apenas com duas tiras, bem simples, foram ideais aqui, por não interferirem em nada. E esse cabelo verde, não preciso nem dizer o quanto amei, né?!

Foi um mix de urbano com a jaqueta, sexy com os decotes e transparências e um toque de princesa com o longo leve e sofisticado. Tudo muito bem equilibrado. Glitter, com certeza!

E vocês, o que acharam desse look?

Compartilhe:
set
30
2015

Lápis Marc Jacobs Ro(cocoa)

Hoje vou falar sobre esse lápis em gel da marca Marc Jacobs. Comprei no escuro, pois ainda não sabia nada sobre ele, somente que a marca em si já é muito boa. Resolvi testar, já que vi que ele era em gel e à prova d’água.

Escolhi essa cor marrom Ro(cocoa), que é um marrom mais pro claro, com efeito quase metalizado. Gente, a cor é linda! Me perdoem porque a foto não captou os brilhinhos que ele possui, mas é um marrom maravilhoso!

O lápis em si é incrível! Super macio e fácil de aplicar, deslizando facilmente sobre a pele. Vale cada centavo. Normalmente gosto mais de lápis de apontar, e esse no caso é retrátil, mas isso não me incomodou. A pigmentação é ótima, mas acaba borrando um pouco sim. Mas só pra constar, moro numa cidade onde 40 graus de temperatura é normal e tenho a pele de normal a oleosa.

TEXTURA: muito macia.
EMBALAGEM: linda, de metal prateado.
FUNÇÃO DESCRITA: “Um lápis delineador em gel, muito resistente, de cores intensas e à prova d’água. Sua fórmula em gel facilita a aplicação suave porém intensa…”
FUNÇÃO REAL: não achei muito resistente, a cor é intensa e a aplicação é fácil.
ONDE ENCONTRAR: Sephora
COR: marrom com efeito levemente metalizado.
APLICAÇÃO: fácil.
PREÇO: no momento R$ 119,00.

Enfim, indico muito esse lápis e ainda pretendo ter mais cores dele. Alguém já usou?

Compartilhe:
set
28
2015

Emmy 2015 – Melhores e Piores Looks

Oi meninas!  Semana passada aconteceu a premiação dos Emmys, que é destinado aos programas de tv. Então nesse tapete vermelho vamos encontrar muitas estrelas das nossas séries favoritas.

Começando com os melhores looks, elegi Emma Roberts como minha favorita, porque verdade seja dita: ela parece uma super estrela de Hollywood nesse vestido nude, com make neutra e super decotão, com colares complementando. E esse cabelo? Impecável na minha opinião!

Em segundo lugar pra mim, ficam empatadas:

-Chelsea Peretti com um vestido muito interessante com fenda e estampas, super valorizando as formas do corpo.

-Julianne Hough com esse longo preto com transparências reveladoras sem revelar nada, entenderam?

-Caitlin Gerard usando renda e tule rosa clarinho, tipo princesa mesmo.

-Teyonah Parris toda de poás gigantes. Achei a combinação do vestido com o cabelo retrô perfeita!

-Claire Danes, que apesar do vestido não valorizar muito o corpo, achei lindo. Ela que é bem magrinha ficou bem com todas essas listras horizontais. Mas o cabelo não rolou, envelheceu muito!

 

Agora, vamos aos piores looks. Normalmente nem mostro, mas achei esses muito ruins mesmo. A Heidi Klum levou troféu nessa categoria, viu. Não há explicação pra essa coisa assimétrica amarela. Mas as outras estão péssimas também. E vocês, o que acharam?

 

Compartilhe:
set
25
2015

Hydra Life Dior

Oi meninas! Hoje vou falar desse hidratante facial da Dior, o Hydra Life. Ele foi meu escolhido porque além de acreditar e confiar na marca, tem SPF15 e eu que nunca liguei pra isso, descobri recentemente que ficar muito tempo no computador também mancha a pele, assim como os raios solares (claro que em menor quantidade). Depois dessa descoberta passei a me preocupar com esse tipo de proteção. Lembrando que existe ele na versão sem SPF, por isso preste atenção na hora de comprar. É um creme que previne os primeiros sinais para mulheres de 25 a 30 anos, aproximadamente.

Comprei online e não me toquei de um detalhe: ele é para peles secas ou normais. Não me lembro se no site informava sobre isso, mas é sempre bom prestar atenção. Primeiro preciso dizer que eu realmente nunca vejo muita diferença na pele em termos de hidratação com nenhum produto que já tenha usado. O máximo que consigo perceber é a pele levemente mais macia e só, é uma particularidade minha.

O creme é bem denso e concentrado, que realmente parece hidratar na minha opinião. Mas quem tiver pele bem oleosa, por favor, passe longe dele. Na verdade não sinto que a minha pele oleosa (mas não tanto) agrava o brilho. Só percebo que meus poros aumentam consideravelmente de tamanho logo quando passo, provavelmente devido ao aumento da oleosidade. Mas nada que uma boa maquiagem não conserte.

Alguns dos pontos a serem considerados:

CHEIRO: não tem.
TEXTURA: é um creme bem concentrado.
EMBALAGEM: de vidro, bem pesada e linda, mas não prática para levar em viagens.
FUNÇÃO DESCRITA: “…tratamento de hidratação que integra um soro anti-idade hidratante que retarda os primeiros sinais de envelhecimento. Especialmente desenvolvido para mulheres jovens entre os 25 e 30 anos que têm a pele com aspecto desidratado, para uma hidratação reforçada e um tratamento preventivo de juventude. Este creme age como um verdadeiro escudo protetor contra as agressões externas graças aos poderosos filtros UVA e UVB…”
QUANDO USAR: logo de manhã.
ABSORÇÃO: ele demora um pouco para ser absorvido pela pele, mas assim que isso acontece não fica grudento. A pele fica normal, nem sequinha nem super oleosa, mas com leve brilho, no meu caso.
ONDE ENCONTRAR: Sephora, Época Cosméticos, Sépha e The Beauty Box
COR: é branquinho.
APLICAÇÃO: vem uma espátula pra você aplicar sem colocar as mãos diretamente no creme, o que é muito bom.
PREÇO: hoje em dia, em torno de R$ 295,00 (quando comprei o dólar estava bem menor)
PRÓS: Hidrata bem, não tem cheiro, vem com espátula para aplicação, embalagem linda, tem proteção solar.
CONTRAS: pesado para peles oleosas, preço, pesado para levar em viagens, não tem cheiro.

PORQUE INDICO: é um ótimo hidratante e tem proteção solar, principalmente para quem tiver pele seca ou normal.

Compartilhe:

Páginas:«123456789...54»

Sobre

Tatiana, moro no interior de São Paulo, sou formada em moda e amo todo o universo feminino...
Saiba mais...
Clara Milla

Maria Madu

Follow me

Facebook rss Instagram Pinterest