abr
8
2016

Highlights fashion da final do American Idol

Se você acompanha o American Idol, ficou vidrada ontem na final, absorvendo cada detalhe do último episódio ever! Eu não sigo assim o programa (meu negócio é o The Voice), mas não poderia deixar de assistir um momento marcante na história como esse.

Resolvi fazer esse post com o intuito de mostrar o look que Carrie Underwood usou durante uma apresentação. Achei muito…uau! De impacto, sabe? E é um vestido que dá pra copiar, porque aqui é o tecido e a ilusão de ótica que faz a mágica. O efeito no palco ficou maravilhoso, mesmo ele não tendo nada demais!

Vamos dar crédito também pro cabelo e make impecáveis da Carrie, que ajudaram no resultado, né. Esses outros looks usados pela cantora já não me cativaram. O da saia é legal, mas o longo preto com os detalhes na barra criaram um efeito estranho.

Outra que apareceu divando na noite foi Jennifer Lopez, com um vestido mullet dourado, brilhando da cabeça aos pés. Brilho no vestido, nos dedos, nas unhas, na maquiagem e no sapatos. JLo glam como sempre, né gente?!

Compartilhe:
abr
6
2016

O desastre do tapete vermelho da I Heart Radio

Oi gente, quem acompanhou o tapete vermelho da premiação do I Heart Radio Music Awards? Acompanhei pelo canal E! e não me lembro de um red carpet tão decepcionante, com tanta gente legal. Sério, os looks que não eram ruins, eram comuns demais. E na minha opinião, o melhor look da noite foi da Serayah, com cor e brilhos, seguido de make e cabelo simples, medida.

Então, reuni aqui as celebs que amamos com suas escolhas desastrosas para a noite.

Julianne Hough é linda mas esse vestido branco acabou com as formas do corpo dela, criando uma proporção no mínimo estranha. Nota 10 para a maquiagem e o cabelo.

Demi, com estilo boyish, pecou pelo detalhe. Essa gola enorme branca ficou fora de propósito e não caiu bem para o biotipo dela, mas a make e cabelo estavam perfeitos.

Iggy Azalea partiu pra ser despojada, mas o top não funcionou. Não dá a impressão que ela estava limpando alguma coisa com uma flanela e pendurou no ombro?

Nossa amada Taylor escolheu um macacão super colado de paetês que marcou o corpo e refletiu tudo de uma forma estranha. Mesmo ela sendo magérrima, o resultado ficou exagerado, não no bom sentido. O cabelo ficou bem legal, todo bagunçadinho.

E por fim, Selena, que sempre acerta…mas dessa vez não. O macacão não favoreceu seu corpo, que ficou reto demais, mesmo com o detalhe aberto na cintura. O gancho da calça ficou meio folgado e a impressão que dá é que não foi proposital. As gargantilhas por fim, deram um certo enforcamento, já que a gola da roupa era mais fechadinha. E a sandália prata parece que foi escolhida de última hora, sem conversar com  o resto do look.

Bom essas foram impressões tiradas de vídeo e fotos, né gente? Vai saber se ao vivo alguns desses looks funcionaram. Mesmo não gostando, acho legal sair da zona comum e tentar algo diferente, porque vai que uma hora sai um look fenomenal né?! O que acharam?

Compartilhe:

abr
4
2016

Porque Halsey é legal

Quem ainda não conhece Halsey deve conhecer agora. A cantora e compositora de 21 anos, parece ser mestra em fazer aquelas músicas que grudam no ouvido, sabe? A voz dela é suave e as letras são cheias de personalidade e reflexões.

Seu nome na verdade é Ashley e ela escolheu Halsey como seu nome artístico porque é Ashley com as letras trocadas. Seus hits: New Americana, Hurricane, Ghost e agora Colors, conquistaram muita gente e ela vem aparecendo na mídia cada vez mais.

E olha só, há dois dias atrás foi lançado um batom da Halsey em parceria com a MAC. O batom é cinza escuro matte, uma cor um pouco difícil de se usar, mas super incrível. A cantora está divulgando em suas redes sociais o batom e acho que já vai virar hit. Aqui abaixo tem algumas imagens dela usando o Halsey (sim, é o nome do batom).

Assisti algumas entrevistas e achei ela mais legal ainda, então fiz uma lista de 10 motivos que fazem a gente adorar a Halsey:

1-As músicas são o máximo.

2-Ela muda a cor e estilo do cabelo como troca de roupa. Já foi de diversas cores, incluindo azul e lilás.

3-Halsey se abre e se descreve como 3 bi: bissexual, bipolar e birracial.

4-Ela é extremamente simpática e doce com os fãs. Vi alguns vídeos de encontros com fãs e a impressão que dá é de ela estar conversando com amigas.

5-Estilo despojado super cool. Ás vezes feminino, mas na maior parte do tempo mais masculino meio tomboy.

6-De sua parceria com a MAC “nasceu” um batom matte cinza escuro.

7-O vídeo do clipe Colors tem um twist no final. Alás, ela é bem imprevisível.

8-Ela é feminista.

9-Sua frase:  ”I will never be anything but honest”, o que significa “Eu nunca serei nada além de honesta.”

10-A primeira música que aprendeu a tocar no violão foi Fifteen, da Taylor Swift. Ah, e ela fez alguns covers de músicas do Justin Bieber.

Olha só o vídeo de Colors:

Compartilhe:
abr
1
2016

Estampando a parede

Finalmente tomei coragem! Oi gente! Acabei de me mudar e estava louca pra estampar pelo menos uma paredinha. Maaasss, não queria ter que chamar alguém e nem gastar muito, já que o apartamento é alugado. Então depois de muitas pesquisas, buscando algo que eu mesma pudesse aplicar, comprei esse papel adesivo na Dona Cereja e apesar dos meus erros de percurso, foi uma ótima decisão!

Essa foi a primeira vez que eu tento fazer isso e vou dizer que aprendi muito com a experiência. A parede que escolhi foi na cozinha, mas além de uma caixa de luz, tinha uma campainha daquelas antigonas pra atrapalhar meu caminho. Bom, nem precisa dizer que cobrir a caixa de luz ficou um serviço bem mal feito, né? Como ela é cheia de reentrâncias e detalhes, fica difícil envolver certinho, mas acho que deu pra enganar.

A campainha foi um desafio e por culpa dela medi errado, fiz emendas e perdi papel. Mas no fim deu tudo certo. No final, quando tinha acabado o papel eu simplesmente comecei a fazer um quebra-cabeça com partes pequenas e fui montando, já que não tinha dado o tanto. Na verdade eu comprei um rolo, deu até metade da parede, depois comprei outro rolo, faltou um pouco e comecei a emendar partes. É péssimo fazer isso, mas eu não queria comprar mais um rolo. No final ficou bonito e só dá pra ver os defeitos se vocês parar e ficar procurando, já que a estampa acaba confundindo um pouco a vista.

Aqui vai uma lista de 10 coisas para se  levar em consideração antes de comprar e aplicar o papel adesivo, segundo minha experiência:

1- Faça as contas direitinho do quanto você vai precisar.

2-Escolha um dia em que você esteja muito calma e tenha bastante tempo pra fazer.

3-Pare e pense antes de fazer qualquer coisa.

4-Pare e pense de novo.

5-Compre a espátula de feltro que vai ser essencial e um estilete afiado.

6-Estude bem sua parede e quanto mais lisa ela for, melhor.

7-Quanto mais geométrica for a padronagem , mais difícil vai ser, porque o grande desafio é fazer encontrar as estampas de um jeito simétrico. Acho que seria mais fácil uma estampa mais dispersa, tipo um floral ou uma aparência de textura.

8-Não tenha medo de altura (eu tenho e tremi muito até me acostumar a ficar pendurada na escada passando estilete nas bordas.

9-Não seja muito exigente na primeira vez.

10-Siga o vídeo abaixo:

Esse vídeo está no site Dona Cereja e foram esses passos que segui. O site é confiável, mas demora uns 15 dias pra chegar já que o produto tem que entrar em produção ainda. O papel é fininho e o acabamento fica fosco, bem legal. Achei o preço ok comparado com outros produtos nesse estilo, já que vem um rolo e as estampas são lindas e bem diferentes. O que escolhi chama Hadma, usei 2 rolos e custou R$ 135,00 cada, aqui.

Mesmo com alguns erros, adorei o resultado final e achei que ficou super charmosinha minha cozinha. Deu até vontade de aplicar um outro na sala…

Agora, se você quiser uma dica gastando menos ainda, olha só esse vídeo da Maddu Magalhães ensinando a colar tecido na parede. Muito legal também!

Compartilhe:
mar
30
2016

Sobre a tendência de esperar o pior das pessoas

Esse é um tema que sempre me pegou. Por que algumas pessoas teimam em só ver o lado ruim das pessoas e esperar o pior delas? Eu não sei, mas infelizmente faço parte desse clube. Se você é mais quieta e na sua como eu, já se deparou milhares de vezes na vida com pessoas perguntando se você é tímida, ou perguntando por que você fala pouco ao conhecer novas pessoas.

Bom, comigo foi sempre assim. Eu converso muito com quem já conheço ou sou amiga, mas pessoas novas sempre foram um desafio pra mim. Por um tempo aceitei essa ideia de timidez, mas no fundo eu sentia que não era isso. Eu não tinha vergonha de falar com a pessoa, simplesmente não tinha vontade. Tenho costume de analisar muito alguém antes de dizer qualquer palavra, mas nunca soube muito bem o porquê.

Refletindo sobre esse fantasma da falta de vontade de me relacionar, digamos assim, é que cheguei num ponto crucial: eu espero o pior das pessoas. Percebi que só vejo maldade dentro de cada um, mas por quê? Sim, nós temos dois lados, afinal somos humanos, mas aprendi também que a maioria das pessoas não é ruim. Eu não sou a madre Teresa, mas sou uma pessoa boa com falhas, assim como a maioria, certo? Eu não gostava nem um pouco das que são hoje algumas das minhas melhores amigas. Eu nunca tomei iniciativa de fazer amizade com alguém, era sempre o contrário. Aí acabava percebendo que a pessoa era legal depois de um tempo.

Vou confessar que quando era criança/pré-adolescente tomei uma decisão importante. Decidi que aquele ano seria diferente, decidi que todo mundo teria algo legal ou interessante. Comecei a enxergar todos como sendo super legais. E vou dizer uma coisa: me surpreendi. E vou dizer outra coisa: aquele foi um dos melhores anos da minha vida, quando me senti mais em paz, feliz e relaxada. Não me lembro nada de ruim (forte) que tenha acontecido naquele ano. E não fiz isso só com pessoas, fiz com filmes e músicas também e adivinha? Descobri e aprendi muita coisa legal.

Mas, por que isso durou só um  ano na minha vida? Não sei. Minha natureza falou mais alto a um certo ponto e me fechei, voltando a pensar e agir como antes. Essa coisa de enxergar o lado ruim das pessoas tem lá suas vantagens também. Percebo muita coisa antes dos outros e já me protegi de várias decepções. Ao mesmo tempo dei chances a pessoas que sabia que não me fariam bem e foi batata! Decepção certa. Isso me abalou mas não me acabou. No final das contas, acho mais válido ter um equilíbrio aí. Não consigo ser total aberta, como fiz por um ano, mas é possível chegar num território neutro com muito esforço e manter. Tipo dieta: não dá pra tirar tudo senão logo você tem uma recaída e ataca os doces, mas dá pra diminuir a quantidade de carboidratos, sabe?

Se você se sente assim ou já se sentiu assim me conta aqui nos comentários, vou adorar saber a sua história!

E só pra acrescentar aqui, sou número 7 na numerologia, o que faz total sentido com essa característica na personalidade. Juro, eu não acreditava, mas depois de pesquisar melhor fiquei espantada! Então essa característica não é só uma questão de proteção, mas da própria personalidade mesmo. 

Compartilhe:
mar
21
2016

Ideias de decor para a Páscoa

Oi gente! Quem vai receber convidados em casa na Páscoa e precisa de boas ideias para deixar a casa bem no clima?

Pesquisei algumas inspirações de coisas fofas que qualquer um pode fazer (ás vezes com um pouco de ajuda) e que vão transformar sua Páscoa num evento memorável. Infelizmente não sei quem são as autoras das criações aqui abaixo, mas algumas tem marca d’água e podem ser identificadas se quiserem ver mais.

Achei tudo muito lindo! E quem se habilita a fazer algumas dessas fofurinhas?

Compartilhe:
mar
16
2016

Hidratante de boca Clarins

Oi gente! Minhas primeiras palavras sobre esse produtinho: super revolucionário! É o Instant Light – Lip Comfort Oil da Clarins, como vocês podem ver. Confesso que usei só uma vez até agora, mas foi suficiente pra comprovar sua eficácia.

Vou começar dizendo que meus lábios são bem ressecados, sempre foram. E pra completar, bebo pouquíssima água durante o dia. Então já dá pra imaginar a situação, né?! Vi alguém comentando dele, se não me engano, a Luísa, do Chata de Galocha e resolvi experimentar.

Estava quase arrependida de ter comprado, porque afinal, é um produto caro,…quando finalmente ele chegou pelo Correio (comprei na Sephora). Pensei que fosse meio melequento, mas não é, apesar de ser um óleo. Já usei dezenas de hidratantes labiais (La Roche, Lancôme, Bourjois, etc…) e nenhum resolvia o ressecamento a longo prazo, somente por algumas horas.

O Clarins tem cheirinho leve de mel e um poder de hidratação e recuperação maravilhoso! Na hora, fica com aspecto de gloss, mas logo passa e o efeito dura. Sim, dura! Passei ontem a tarde e sinto meus lábios recuperados e hidratados até agora, sem pelinha, sem descascamento, sem rachaduras. Passei o batom hoje e ficou perfeito!

 

Vamos às características e veredito final:

CHEIRO: um suave aroma de mel, bem gostosinho e não enjoativo.
TEXTURA: de mel na verdade. É um óleo mais grossinho.
EMBALAGEM: linda, né? Além disso é super prático o aplicador de esponjinha.
FUNÇÃO DESCRITA: maquiagem e nutrição, adicionando brilho com volume e conforto aos lábios, sem colar. Os lábios ficam nutridos dia após dia.
FUNÇÃO REAL: tem efeito gloss e nutre muito. É bem confortável, sem ser melequento, mas o volume no caso, eles querem dizer no sentido de a boca estar brilhando e parecer mais volumosa (imagino).
EFEITO: o efeito de hidratação é duradouro e extraordinário, como nenhum outro que já tenha provado. A boca fica lisinha e perfeita!
QUANDO USAR: a qualquer hora.
ONDE ENCONTRAR: Sephora e Beleza na Web
TONALIDADE/COR: nos lábios fica transparente com brilho.
PREÇO: achei de R$ 129,00 a R$ 158,99, aproximadamente.
PRÓS: nutre, hidrata e é maravilhoso!
CONTRAS: nenhum, talvez o preço.

Compartilhe:
Páginas:«1234567...54»

Sobre

Tatiana, moro no interior de São Paulo, sou formada em moda e amo todo o universo feminino...
Saiba mais...
Clara Milla

Maria Madu

Follow me

Facebook rss Instagram Pinterest