set
9
2015

Crônicas de uma Shopaholic – A Laranjinha dos Sonhos

Amor à primeira vestida. Foi assim. Vou ser sincera e dizer que a primeira vez que vi essa gracinha por foto achei bem fantasia e meio loucona, não num bom sentido. Mas quando vi ao vivo meu coração bateu mais forte. Aquela cor de laranjinha intenso com micro espelhinhos e brilhinhos fizeram coraçõezinhos nos meus olhos que nem desenho animado, sabe?
O preço era bem salgadinho pra uma pessoa que nunca teve o costume de usar saias longas. Significaria sair total da minha zona de conforto. Compro ou não compro, compro ou não compro, compro ou não compro? Uiiii…
Aquela ideia de me sentir uma princesa meio hippie era muito sedutora e veio junto com uma névoa de contos de fadas. Mas como uma shopaholic autêntica em busca de cura, não poderia me deixar levar por um sentimento assim tão fácil. Não desta vez, não mais uma vez.
Ai, como saia longa é mágica né gente? Acho que seria muito feliz no século XVIII, apenas pelo fato de ver todo aquele tecido girando em torno de mim mesma. Aiai, e os bailes? Aí eu sairia correndo pelos jardins do castelo e meu vestido voaria na velocidade dos meus movimentos, porque claro, seriam de tecidos super nobres, dã! É assim que a minha geração de Barbies e princesas cresceu? Castelos, lustres e todas essas coisas de luxinho que séculos passados nos remete através de filmes…infantis… Nossa, que dó da gente né?! Em pensar que uma simples saia com uma estampinha e brilhinhos me fez voar tão longe. Aí eu digo: somos shopaholics porque vemos todo um sonho por trás de cada peça que nos apaixonamos. Nossa cabeça cria histórias mágicas sem que ao menos percebamos e pronto! A paixão já se instalou. Com roupas, com pessoas e tudo mais…(não estou dizendo que vamos comprar pessoas, mas vocês me entenderam, né?).

Se eu comprei a saia? Sim, não resisti, mas por muito menos, na promo, como eles chamam. Acho que quase ninguém viu nela o que eu vi porque ainda havia muitas em estoque. Comprei online, claro! É no computador que meus instintos de consumo mais se afloram, afinal, as peças me seguem por toda parte por culpa dessa coisa chamada remarketing do senhor Google.

Vou confessar que quando a tal saia chegou em casa, perdeu 30% de seu encantamento, fato. Mas agora ela faz parte da minha coleção de sonhos e mesmo sendo menos encantadora que antes, já tem toda uma história criada por mim. Isso mesmo sem ainda ter estrado a laranjinha.

Hum, ficou interessada nessa saia linda? Ela é da marca Farm e tem ainda pra vender nessas três lojas: Farm, OQVestir e Shop2gether. Todas super confiáveis.

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Sobre

Tatiana, moro no interior de São Paulo, sou formada em moda e amo todo o universo feminino...
Saiba mais...
Clara Milla

Maria Madu

Follow me

Facebook rss Instagram Pinterest